Divulga fissura

Blog para divulgação de pesquisas científicas sobre fissuras labiopalatinas

Genética, sociedade e fissuras labiopalatinas

Fissuras Labiopalatinas são, em sua maioria, não sindrômicas, e nestes casos as causas de sua ocorrência são multifatoriais, não sendo possível determinar um único fator responsável pela presença da malformação. Uma parcela menor de fissuras, entretanto, implica em associações com a genética. O Centro de Pesquisas sobre o Genoma Humano e Células-Tronco, ligado ao Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, oferece a pacientes com fissuras associadas a síndromes testes genéticos específicos.

Parte da missão do Centro é contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias para o tratamento de condições genéticas, e o projeto Genoma conta com programa específico para difusão e educação, com o objetivo de tornar a genética mais acessível para a sociedade.

A Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP também desenvolve pesquisas na área de fissuras labiopalatinas, inclusive no campo da genética comunitária. O Projeto Crânio-Face, iniciado em 2003 sob a orientação da Dra. Vera Lúcia Gil da Silva Lopes, desenvolve, entre outras ações, material de apoio para atenção básica a familiares de crianças nascidas com fissuras. Pesquisadores ligados ao projeto também coletam informações clínicas de crianças nascidas com fissuras e sobre a família para uma extensa base de dados destinada a pesquisas científicas, em andamento e futuras.

As expectativas dos pesquisadores do projeto Crânio-Face em relação às pesquisas desenvolvidas são, entre outras, comparar dados populacionais, contribuir para a melhoria do planejamento terapêutico voltado a crianças nascidas com fissuras e treinar pessoal do campo de saúde para melhor atender às suas necessidades específicas. O maior diálogo e interação entre profissionais de saúde de diferentes especialidades também é um dos objetivos do Projeto, especialmente em relação aos tratamentos cirúrgico e fonoaudiológico.

Para conhecer mais sobre o Projeto Crânio-Face, visite o site: http://www.fcm.unicamp.br/fcm/cranio-face-brasil

Para agendar consultas no Centro da USP, o telefone é (11) 3091-0878 ou (11) 3091-7966.

Texto escrito por Silvana Schultze, do blog Divulga Fissura. É permitida a reprodução desde que citada a fonte, inclusive dos trabalhos originais dos quais as informações científicas foram retiradas.

 

%d bloggers like this: